Fomos apoiar o Flávio a Casais de São Quintino, no nacional de MotoCross.

Teremos aqui as fotos e vídeos em breve.

Fica Atento!!!

O Flávio colocou uma mensagem no nosso fórum, relativa á prova de Águeda:

http://acdbocal.internetrapida.com/forum/viewtopic.php?f=4&t=9

"Olá a todos,
Muito obrigado a todos pela força.
Depois da prova de abertura do campeonato nacional de motocross no passado dia 2 de Março,o balanço que faço da minha participação é bem positivo.
Logo pela manhã comecei a rodar nos treinos livres um pouco intimidado com a pista de Águeda (única pista portuguesa integrada no campeonato do mundo da modalidade),mas ao longo das voltas fui-me libertando um pouco.
Ainda no período da manhã mas já nos treinos cronometrados consegui o excelente 26º melhor tempo da classe com 2m10s na ultima volta.

Já no período da tarde começaram as derradeiras corridas,
Na primeira manga depois de muitos e muitos saltos e curvas e com uma pequena queda consegui a 20ª posição .
Na segunda manga consegui um excelente arranque(5º) mas na primeira curva deixei o motor da minha yamaha yz450f calar-se,quado retomei a corrida tinha já 15 segundos de atraso de todos os outros(39 pilotos),mesmo assim Consegui imprimir um ritmo bastante forte e com o qual consegui acabar a corrida em 19º, o que para mim foi muito bom.
Voltamos a encontrar-nos dia 23 de Março(domingo de Páscoa) em Casais de Santo Quintino (Sobral de monte Agraço) para mais um dia de muita adrenalina!
Um abraço com muito gás para todos!
Flávio Matias #61"

Deixa uma mensagem ao Flávio no nosso Fórum!

http://acdbocal.internetrapida.com/forum/viewtopic.php?f=4&t=9

Campeonato Nacional de Motocross- 2008
Adrenalina vai subir em Águeda

O Campeonato Nacional de Motocross vai começar no próximo Domingo. A temporada de 2008 promete elevados índices de adrenalina nos momentos de acção, face ao equilíbrio de forças que se anuncia nas duas classes seniores, MX1 e MX2. E nada melhor que iniciar o confronto em Águeda – uma verdadeira “catedral” da modalidade no nosso país.


Em pouco mais de três meses, os pilotos seniores vão dar o seu melhor nos circuitos de terra. Na classe MX1 têm nove jornadas para enfrentar, enquanto na MX2 o calendário integra oito jornadas. Cada concorrente escolhe previamente a classe em que participa, sendo que este ano não existe o "Campeonato Elite". Assim, a nível sénior apenas vão ser atribuídos dois títulos de campeão nacional, de MX1 e MX2.